Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira

Temperatura do embrião na incubação

Por Guilherme Seelent

Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018 às 15h55

Temperatura do embrião na incubação

Sem dúvida, a temperatura é o fator mais crítico na incubação. Vários experimentos e resultados de campo demonstraram que diferenças de frações de graus centígrados na temperatura influenciam o desenvolvimento embrionário, a eclodibilidade, a qualidade do umbigo e o desempenho pós-eclosão. A temperatura durante a incubação influencia o peso dos órgãos, o desenvolvimento do sistema cardíaco, dos músculos e tendões.

Entretanto, o fator determinante não é a temperatura do ar, mas a temperatura da casca, que é um reflexo da temperatura do embrião. É considerado que temperaturas da casca entre 37,5°C a 38,06°C (99,5 a 100,5°F) são ótimas para o desenvolvimento dos embriões. Segundo a Cobb, as temperaturas ideais são de 100°F a 100,5°F. Embriões mantidos com temperatura de casca muito alta – 39,4°C, durante a incubação, apresentaram menor comprimento de tíbia, fêmur e metatarso.  Apresentaram ainda pior score de umbigo, menor comprimento corporal, menor peso, maior gema residual e estômago, fígado e coração menores. 

O desenvolvimento da bursa e do timo são reduzidos pelas temperaturas elevadas (37,8°C vs 38,8°C, 40,1-40,6°C na casca, a 65 ± 2% de UR) durante a incubação. Este efeito pode ser observado em pintos de uma semana pelos sintomas de imunossupressão. Altas temperaturas da casca durante a incubação (38.9°C) alteram o desenvolvimento do músculo cardíaco e podem ocasionar hipertrofia ventricular direita e aumento da mortalidade especialmente causada por ascites.

Por outro lado, baixas temperaturas também provocam grandes perdas no processo de incubação. Baixas temperaturas irão prolongar o tempo de incubação, aumentando as mortalidades finais, gerando pintos atrasados, excesso de bicados, além de pintinhos com excesso de umidade, o que não é desejável.

ARTIGO COMPLETO NA EDIÇÃO 90 DA REVISTA AVE.

Referências bibliográficas

Christensen, V.L., Wineland, M.J., Yildrum, I., Ort, D.T. and Mann, K.M. 2004b. Incubator temperature and oxygen concentration at the plateau stage affect cardiac health of turkey embryos. J. Ani. Vet. Adv. 3:52-65

Cobb-Vantress. Hatchery Management Guide. Arkansas, 2013.

FACTA – FUNDAÇÃO APINCO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AVÍCOLAS. Manejo da Incubação 3ª ed. Campinas, 2013.

Hill, D. The Hatch Window. XXII Latin American Poultry Congress. June de 2011.

Hulet R, Gladys G, Hill D, Meijerhof R, El-Shiekh T. Influence of Egg Shell Embryonic Incubation Temperature and Broiler Breeder Flock Age on Posthatch Growth Performance and Carcass Characteristics. Poultry Science 2007; 86:408-412

Leksrisompong, N., Romero-Sanchez, H., Plumstead, P.W., Brannan, K.E., and Brake, J. Broiler incubation: 1. Effect of elevated temperature during late incubation on body weight and organs of chicks. Poultry Science 2007. 86: 2685-2691.

Lourens A, Brand H van den, Heetkamp M J W, Meijerhof R, Kempt B. Effects of Eggshell Temperature and Oxygen Concentration on Embryo Growth and Metabolism During Incubation. Poultry Science 2007; 86:2194-2199

Lourens A, Brand H van den, Meijerhof R, Kempt B. Effect of Eggshell Temperature During Incubation on Embryo Development, Hatchability, and Posthatch Development. Poultry Science 2005; 84:914-920

 Maiorka, A., Luquetti, B. C., Macari, M. Idade da Matriz e Qualidade do Pintinho. In: Macari et al, editores. Manejo da Incubação. Campinas: FACTA;2013. p. 163-175

Meijerhof R. Aspectos físicos da incubação e sua relação com o desenvolvimento embrionário. In: Macari, Marcos et al. Manejo da Incubação. Campinas: FACTA, 2013. p. 121-133.

Molenaar, R., Hulet, M., Meijerhof, R., Maatjens, C.M., Kemp, B., and Van den Brand, H. High eggshell temperatures during incubation decrease growth performance and increase the incidence of ascites in broiler chickens. Poultry Science 2011. 90:624-632.

Oviedo-Rondón, E. O. Fatores que Interferem no Desenvolvimento Embrionário e Impactam no Metabolismo do Frango. 10° Simpósio Técnico ACAV. 16 a 18 de setembro de 2014.

Oznurlu Y., Celik., I., Telatar, T, and Sur, E. Histochemical and histological evaluations of the effects of high incubation temperature on embryonic development of thymus and bursa of Fabricius in broiler chickens. British Poultry Science 2010; 51(1):43-51.

Pol C W van der, Roovert-Reijrink I A M van, Maatjens C M, Brand H van den, Molenaar R. Effect of relative humidity during incubation at a set eggshell temperature and brooding temperature posthatch on embryonic mortality and chick quality. Poultry Science 2013; 92:2145-2155.

Romanoff A L. The Avian embryo: structural and functional development. New York: Macmillan; 1960

Verschuere, F. Avaliação da Qualidade dos pintinhos e otimização de incubação (5). Disponível em: http://www.petersime.com/departamento-de-desenvolvimento-do-incubatorio/avaliacaeo-da-qualidade-dos-pintinhos-e-otimizacaeo-de-incubacaeo-5/. Acesso em: 13 de maio de 2017.

Willemsen H, Everaert, N, Witters A, De Smit L, Debonne M, Verschuere F, Garain P, Bercksmans D, Decuypere E, Bruggeman V. Critical Assessment of Chick Quality Measurements as an Indicator of Posthatch Performance. Poultry Science 2008; 87:2358-2366.

Wilson H. Physiological requirements of the developing embryo: temperature and turning. In: Tullet, S G Editor. Avian incubation. 1990. p. 145-146

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira