Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira

Rodada de Negócios na TecnoCarne gera R$ 8,5 milhões em uma hora e meia

Mais de 65 reuniões foram realizadas na Rodada de Negócios promovida pela TecnoCarne – 13ª Feira...

Quinta-feira, 10 de Agosto de 2017 às 09h45

Rodada de Negócios na TecnoCarne gera R$ 8,5 milhões em uma hora e meia
Rodada de Negócios na TecnoCarne gera R$ 8,5 milhões em uma hora e meia

... Internacional de Tecnologia para a Indústria de Proteína Animal, na tarde desta quarta-feira, dia 9, no São Paulo Expo. Em uma hora e meia de reuniões foi gerada uma previsão de mais de R$ 8,5 milhões em negócios, iniciados entre os 22 compradores que estiveram no encontro, junto a 12 empresas expositoras do evento. “A rodada de negócios foi muito importante para nós, do Carrefour, principalmente pela visibilidade da nossa marca para o mercado e também para divulgar algumas das inovações que o grupo vem implantando. Os assuntos tratados nas reuniões vieram ao encontro dos nossos interesses, alguns de curto e outros de longo prazo. Enfim, foi um momento importante para ampliarmos o relacionamento”, disse o gerente comercial do grupo Carrefour, Fernando Amano, em nota enviada à imprensa pela assessoria de comunicação da feira. “Foi uma oportunidade muito boa para conhecer pessoas com as quais não tínhamos relacionamento. Fiz alguns contatos interessantes, que vão gerar visitas ao nosso estande para conhecer os equipamentos e suas funcionalidades, e que podem se tornar negócios no futuro”, disse o diretor da Incomaf, Fabiano Babichi de Gois.

“Conhecemos várias empresas e fornecedores e também algumas oportunidades de investimentos para a nossa empresa”, ressaltou a gerente da Casa de Carnes Caete, Ana Paula Rodrigues de Souza.

“A rodada foi muito proveitosa para a Kemin. Fizemos muitos contatos de alto nível com representantes de empresas abertos a conhecer nossas soluções. O fato de os participantes estarem focados em fazer negócios torna a conversa mais direta e eficiente”, afirmou o representante da Kemin, Thiago Bernardi.

“Realizamos contatos de muita qualidade com pessoas bem interessadas. A rodada foi um momento muito importante, pois pudemos realizar esse primeiro contato e iniciarmos negócios. Saímos da reunião com perspectivas bem positivas para o futuro”, disse Ralph Vieira, Area Sales Manager da Multivac.

“A rodada é um momento muito bom para network. Recebemos potenciais clientes a médio e longo prazo e também algumas consultorias, que podem nos assessorar e, ao mesmo tempo, promover uma troca de informações”, disse o gerente de Contas da Evertis, Denilson Bondezan.

“É uma oportunidade de conhecermos o que existe em novas soluções, em um ambiente adequado para negócios. Realizei alguns encontros que não estavam previstos e que nos trouxeram conteúdos de interesse”, contou o presidente da Ryco Alimentos, Ronaldo Amancio Goz.

“Nosso papel é oferecer o ambiente propício para os negócios e ferramentas que facilitem a aproximação entre empresas e possíveis clientes. A rodada de negócios funciona muito bem na TecnoCarne e evidencia oportunidades e demandas de um mercado que está muito aberto a investir”, ressaltou o diretor da TecnoCarne, José Danghesi.

Expositores otimistas - A TecnoCarne já registra bons resultados segundo os expositores desta edição. A feira, que reúne a elite das empresas da indústria de proteína animal, vem atraindo um público qualificado e em busca de novos investimentos e tecnologias para superar a crise econômica e diversificar os negócios. Segundo o gerente-geral da Marel, Francisco Leandro, os visitantes que passaram pelo estande da empresa nesses primeiros dias de evento se mostraram otimistas quanto aos próximos meses e sinalizaram a retomada de antigos projetos, que estavam paralisados frente às incertezas do mercado. “Estamos positivamente surpresos com a feira. Recebemos clientes mais qualificados, que estão realmente focados em falar de negócios, buscando soluções efetivas e nos dando um retorno muito positivo do mercado. Percebemos que os visitantes estão visualizando o futuro de maneira positiva. Muitos, que estavam com projetos engavetados, retomaram as iniciativas de forma efetiva, o que pode gerar bons negócios em médio e longo prazo”, destacou Francisco Leandro. A Marel é uma das principais fornecedoras mundiais de equipamentos, sistemas e serviços avançados para as indústrias de processamento de aves, pescado, carnes e alimentos industrializados.

A equipe da New Max, uma das líderes nacionais na produção de corantes, aditivos e ingredientes para a indústria de alimentos, também está satisfeita com os primeiros dias do evento. “A feira está muito boa. Recebemos a visita de clientes em potencial, que estiveram no estande e puderam conferir nossas novidades, além de recebermos novos clientes que vieram para conhecer os produtos. Registramos a venda de duas máquinas e temos alguns negócios já engatilhados, que podem se concretizar até o fim da feira”, disse o coordenador de marketing da New Max, Paulo Rovina. Para o diretor da TecnoCarne, José Danghesi, é notável a predisposição do mercado em realizar investimentos. “A crise vivenciada pelo setor de proteína animal este ano tem servido para fortalecer pequenos e médios frigoríficos e tem estimulado as empresas a diversificar seus investimentos. A feira cheia com um público qualificado e fazendo negócios é um grande termômetro disso.”

Fonte: Carnetec
 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira