Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira

Cobb-Vantress premia Melhores Lotes em SP e nas regiões Sul e CO

Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2017 às 16h03

Cobb-Vantress premia Melhores Lotes em SP e nas regiões Sul e CO
Cobb-Vantress premia Melhores Lotes em SP e nas regiões Sul e CO
Cobb-Vantress premia Melhores Lotes em SP e nas regiões Sul e CO

Companhia premiou clientes, de cada região do País, pela produção registrada durante todo o ano.

A Cobb-Vantress, líder mundial no fornecimento de aves de produção para frangos de corte e em especialização técnica no setor avícola, promoveu, em dezembro, as últimas premiações do evento “Melhores Lotes”, que homenageia os clientes com as melhores performances com o produto da companhia. A programação terminou com a entrega dos prêmios para os clientes da região Sudeste, no dia 14 de dezembro, em Campinas (SP), durante um almoço empresarial.

As grandes vencedoras da região de SP foram as empresas Flamboiã e Adoro S.A. vencedora na categora de maior número de ovos produzidos, a Flamboiã alcançou 201,41 ovos por fêmea alojada, com o lote NB 3 - 013. O prêmio foi entregue pelo assistente técnico da Cobb André Murcio ao diretor da empresa, Marcelo Ortega. Já na categoria maior número de pintos por ave alojada, a vencedora Adoro registrou 164 pintos, com o lote A-471-8. O diretor Jair Sbaraini e o gerente de matrizes Fábio Vansan estiveram no evento para receber a premiação.

O evento também contou com palestra ministrada por Vitor Hugo Brandalise, especialista em Nutrição do suporte técnico Mundial da Cobb, a respeito de custos de produção, tema que deverá continuar na pauta do mercado em 2018. Para ele, embora o Brasil sempre tenha sido um bom produtor, o cenário vem mudando nos últimos anos. De acordo com relatórios de empresas do setor, haverá maior pressão de preços de produtos pra baixo e o volume de produção também deve baixar os custos. Os grãos também devem pesar na conta de custos e devem ser responsáveis por um aumento nos custos a partir do segundo trimestre.

O especialista traçou um paralelo entre a produção brasileira e a filosofia americana, que foca em custos, em primeiro lugar. Segundo o especialista, o mercado norte-americano tende a piorar a conversão alimentar para não aumentar custos, desde que possa manter o bem-estar das aves. “Só há duas coisas que não são alteradas: o intervalo entre lotes e a densidade das aves. Fora isso, é possível trabalhar para que os custos não se elevem”, explicou. Para ele, os custos seguirão elevados em 2018 e a nutrição poderá ser a responsável.

Na sequência, José Luis Pimenta Junior, gerente de inteligência e acesso a mercados da ABPA, apresentou as perspectivas para o setor avícola em 2018. Abordando o trabalho feito pela associação, em parceria com o governo, durante a operação Carne Fraca, que rapidamente iniciou ações para reverte os prejuízos causados à imagem do setor. O especialista abordou os principais mercados para o frango brasileiro, os novos países que deverão passar a comprar em 2018 e a iniciativa da associação para abertura de novos compradores.

Pimenta também abordou os fatores que contribuem para a produção de frango no Brasil e lembrou que o fator que mais confere prestígio ao país no momento é o fato de não ter registrado Influenza Aviária, diante de um cenário de muita instabilidade no exterior. A rastreabilidade da produção foi apontada como uma das grandes tendências para o próximo ano, assim como a mudança no perfil do consumidor, que deve manter a preocupação com o bem-estar animal e com certificações de produção.

Regiões Sul e Centro-Oeste - A Cobb realizou, com apoio da Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV) e Associação Brasileira de Proteína Animal (APBA), um encontro empresarial, no dia 7 de dezembro, na Serra Gaúcha. Na oportunidade, a companhia premiou as melhores empresas em produção de ovos totais por fêmea e melhor índice de eclosão, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. As vencedoras foram a Nutrifrango Alimentos e a Aurora Alimentos, com 195, 2 ovos totais por fêmea e 87,29% de índice de eclosão, respectivamente. Para clientes da região que compreende Goiás, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Pará, a premiação ocorreu durante o Jantar do Galo Goiano, no dia 8 de dezembro, em Goiânia (GO). A empresa campeã na categoria ovos produzidos foi a Asa Alimentos, com 194,58 ovos por fêmea no lote 1803. Já na categoria pintos produzidos a vencedora foi a Pluma Agroavícola, com 155,4 pintos por fêmea no lote 501-14.

Sobre a Cobb-VantressBrasil - Desde 1916 em atividade e com sede na cidade de Siloam Springs, Arkansas, Estados Unidos, a Cobb-Vantress está presente há 22 anos no Brasil. A mais antiga companhia de genética avícola do mundo é também líder mundial no fornecimento de aves de produção para frangos de corte e em especialização técnica no setor avícola. A sede brasileira esta localizada na cidade de Guapiaçu, no interior do Estado de São Paulo, e conta com aproximadamente 690 colaboradores.

Fonte: Assessoria de Imprensa

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira